NÃO ENCONTROU O LIVRO QUE PROCURA? ENTRE EM CONTATO CONOSCO PELO WHATSAPP

Twitter concorda em pagar multa milionária por uso indevido de dados confidenciais

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a Comissão Federal de Comércio (FTC) daquele país anunciaram um acordo com o Twitter. O Twitter concordou em pagar uma multa civil de 150 milhões de dólares (cerca de 750 milhões de reais) e implementar novas medidas destinadas a garantir que a rede social melhore suas práticas de privacidade de dados. Por exemplo, o Twitter será obrigado a desenvolver e manter um programa abrangente de privacidade e segurança da informação, realizar uma análise de privacidade com um relatório por escrito antes de implementar qualquer novo produto ou serviço que colete informações privadas dos usuários e realizar testes regulares de suas salvaguardas de privacidade. O Twitter também será obrigado a contratar uma auditoria independente para avaliar regularmente seu programa de privacidade de dados, fornecer certificações anuais de conformidade elaboradas por um executivo sênior, fornecer relatórios após quaisquer incidentes de privacidade de dados que afetem 250 ou mais usuários, além de cumprir vários outros requisitos de relatórios e manutenção de registros. O Twitter também terá que deixar todos os clientes dos EUA que ingressaram na reder antes de 17 de setembro de 2019 cientes sobre o acordo e fornecer aos usuários opções para proteger suas privacidade e segurança. O acordo resolverá denúncias de que o Twitter violou regras do FTC que estabelecem como as informações confidenciais dos usuários podem ser usadas.

Para valer o acordo terá de ser aprovado por um tribunal federal.

CONTINUE LENDO

ENCONTROU ALGUM ERRO? Ajude-nos a informar melhor

MAIS INFORMAÇÃO EM Agência PáginaUm de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.