NÃO ENCONTROU O LIVRO QUE PROCURA? ENTRE EM CONTATO CONOSCO PELO WHATSAPP

Prêmio Jabuti 2021 – as crianças precisam saber o que aconteceu em Mariana e Brumadinho

Os autores João Luiz Guimarães e Nelson Cruz, com a obra infantil “Sagatrissuinorana”, foram os grandes vencedores do Prêmio Jabuti Livro do Ano de 2021, em cerimônia virtual realizada na quinta-feira, 25 de novembro. Além da estatueta dourada, eles dividirão o valor de 100 mil reais. O livro publicado pela ÔZé Editora é uma homenagem ao grande João Guimarães Rosa. A história reconta a fábula dos Três Porquinhos tendo como pano de fundo o rompimento das barragens de Mariana e Brumadinho. Segundo a sinopse, “o texto segue a sintaxe roseana, ao mesmo tempo em que não se furta a registrar criticamente duas das maiores tragédias socioambientais do país — e que tiveram as Minas Gerais como palco”.

Os autores das demais categorias são contemplados com a estatueta e o prêmio no valor de cinco mil reais. A categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior, que conta com apoio do projeto Brazilian Publishers – uma parceria da CBL com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) -, passa, a partir desta edição, a contemplar a casa editorial brasileira com uma Bolsa de Apoio à Tradução também no valor de cinco mil reais, caso a editora seja participante do Brazilian Publishers. Caso a editora brasileira não faça parte do projeto, recebe a filiação completa por 12 meses. As editoras nacional e internacional levam para casa a estatueta do prêmio. 

A premiação contemplou obras em 20 categorias divididas em quatro eixos: Literatura, Não Ficção, Produção Editorial e Inovação. As obras concorrentes foram avaliadas por jurados especialistas em diferentes áreas. Os nomes foram indicados por leitores e integrantes do mercado editorial, validados e complementados pelo Conselho Curador do Prêmio Jabuti, composto por Ana Elisa Ribeiro, Bel Santos Mayer, Camile Mendrot e Luiz Gonzaga Godoi Trigo. Para o Livro do Ano, concorreram as obras vencedoras dos Eixos Literatura e Não Ficção.

Para Vitor Tavares, presidente da CBL, o prêmio dado a Sagatrissuinorana marca a força de um dos maiores motores da literatura nacional: as crianças. “É formando jovens leitores que conseguimos difundir os livros em todas as esferas da sociedade brasileira. Por isso, é tão importante termos uma produção relevante para oferecer aos pequenos. Essa premiação mostra que estamos no caminho certo”, comenta.

A noite de festa e comemoração teve também muita emoção com a homenagem ao escritor Ignácio de Loyola Brandão. Vitor Tavares, presidente da CBL, Marcos Marcionilo, curador do Jabuti 2021, e Hubert Alquéres, vice-presidente da CBL e coordenador da comissão do prêmio, participaram da cerimônia. 

Clique aqui e conheça a lista completa dos premiados.

Imagem em destaque: miolo do livro Sagatrissuinorana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.