NÃO ENCONTROU O LIVRO QUE PROCURA? ENTRE EM CONTATO CONOSCO PELO WHATSAPP

Livro revela as origens de nossa rica culinária caipira e reúne receitas de lamber os beiços

Páginas e páginas repletas de uma história que tem cheiro e sabor de comida de fazenda, que traz as origens da nossa culinária tão rica… Os autores Carlos Alberto Dória e Marcelo Corrêa Bastos propõem no livro A CULINÁRIA CAIPIRA DA PAULISTÂNIA. A história e as receitas de um modo antigo de comer uma nova forma de entender a história dessa culinária que tem como berço o que chamam de Paulistânia e que, hoje, compreenderia os estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, parte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Destacam a contribuição dos guaranis, povos indígenas presentes nessa região, que, segundo os autores, foram o ponto de partida desses pratos deliciosos que dão mais prazer aos encontros familiares, aos almoços e jantares preparados nos fornos a lenha e, por que não, nos lares de hoje, urbanos ou rurais. A obra traz quase 270 receitas que estabelecem um diálogo entre história e cotidiano, teoria e prática.

Aqui uma amostra grátis…

Pão de Fubá

Obtém-se misturando rapidamente uma xícara de farinha de trigo, uma xícara de fubá, duas colheres de sopa de fermento em pó, uma xícara de leite, uma colher de sopa de manteiga ou banha e sal.

Colocam-se pequenas porções num tabuleiro polvilhado com fubá e leva-se ao forno quente. Serve-se quente, com manteiga.

Broa de amendoim

Faz-se a partir de uma calda feita de um quilo de rapadura, à qual se misturam um quilo de amendoim torrado e moído, oitocentos gramas de fubá mimoso, três ovos e uma colher de sobremesa de bicarbonato de sódio. Tudo misturado e enrolado, põe-se em forma de tabuleiro untada com gordura e leva-se ao forno quente.

Imagem em destaque. Crédito: Governo de Minas Gerais/Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.